Caracteres da lei natural

614 - Que se deve entender por lei natural?

     "A lei natural é a lei de Deus. É a única verdadeira para a felicidade do homem. Indica-lhe o que deve fazer ou deixar de fazer e ele só é infeliz porque a transgride."

615 - É eterna a lei de Deus?

     "Eterna e imutável como o próprio Deus."

616 - Será possível que Deus em certa época  haja prescrito aos homens o que noutra época lhes proibiu?

     "Deus não se engana. Os homens é que são obrigados a modificar suas leis, por imperfeitas. As de Deus, essas são perfeitas. A harmonia que reina no universo material, como no universo moral, se funda em leis estabelecidas por Deus desde toda a eternidade."

617 - As leis divinas, que é o que compreendem no seu âmbito? Têm relação a alguma outra coisa, que não somente ao procedimento moral?

     "Todas as da Natureza são leis divinas, pois que Deus é o autor de tudo. O sábio estuda as leis da matéria, o homem de bem estuda e pratica as da alma."

     - Dado é ao homem aprofundar umas e outras?

     "É, mas uma única existência não lhe basta para isso."

     Efetivamente, que são alguns anos para a aquisição de tudo o de que precisa o ser, a fim de se considerar perfeito, embora apenas se tenha em conta a distância que vai do selvagem ao homem civilizado? Insuficiente seria, para tanto, a existência mais longa que se possa imaginar. Ainda com mais forte razão o será quando curta, como é para a maior parte dos homens.

     Entre as leis divinas, umas regulam o movimento e as relações da matéria bruta: as leis físicas, cujo estudo pertence ao domínio da Ciência.

     As outras dizem respeito especialmente ao homem considerado em si mesmo e nas suas relações com Deus e com seus semelhantes. Contêm as regras da vida do corpo, bem como as da vida da alma: são as leis morais.

618 - São as mesmas, para todos os mundos, as leis divinas?

     "A razão está a dizer que devem ser apropriadas à natureza de cada mundo e adequadas ao grau de progresso dos seres que os habitam."